Destaque

Fapesp: Um fertilizante poderoso

Plantas e grãos encontrados nos registros arqueológicos sugerem que a agricultura praticada na região norte do Chile sustentou por séculos grandes assentamentos humanos, antes mesmo do estabelecimento do Império Inca em 1438, o maior da América do Sul no período pré-colonial. Esses dados não causariam estranhamento não fosse por um detalhe: o norte do Chile é dominado pelo deserto do Atacama, um dos mais áridos do planeta, com solo pobre em nutrientes.

A arqueóloga Dra. Francisca Santana-Sagredo, pesquisadora da Pontifícia Universidade Católica do Chile, e colaboradores supõem ter encontrado a resposta para o mistério. O grupo analisou a composição química de amostras de 12 alimentos com idade entre 3 mil anos e 550 anos atrás em sítios arqueológicos da região de Tarapacá e observou um aumento incomum na concentração de nitrogênio a partir do ano 900. Os pesquisadores atribuem essa mudança na composição dos alimentos à adubação das plantações com guano, excremento de aves marinhas, um dos fertilizantes naturais mais ricos em nitrogênio (Nature Plants, 25 de janeiro). A hipótese é de que o guano seria retirado de depósitos no litoral do Chile e do Peru e transportado em caravanas de lhamas por dezenas de quilômetros.

Acesse o resumo do artigo científico (em inglês).

Acesse a notícia na página da FAPESP.

Fonte: Revista FAPESP.

Em suas publicações, o Canal Nutrição da Rede T4H tem o único objetivo de divulgação científica, tecnológica ou de informações comerciais para disseminar conhecimento. Nenhuma publicação do Canal Nutrição tem o objetivo de aconselhamento, diagnóstico, tratamento médico ou de substituição de qualquer profissional da área da saúde. Consulte sempre um profissional de saúde qualificado para a devida orientação, medicação ou tratamento, que seja compatível com suas necessidades específicas.

Os comentários constituem um espaço importante para a livre manifestação dos usuários, desde que  cadastrados no Canal Nutrição e que respeitem os Termos e Condições de Uso. Portanto, cada comentário é de responsabilidade exclusiva do usuário que o assina, não representando a opinião do Canal Nutrição, que pode retirar, sem prévio aviso, comentários postados que não estejam de acordo com estas regras.

Leia também

2021 Canal Nutrição | Canal de Notícias, Conteúdos e Rede Profissional em Alimentos, Alimentação, Saúde e Tecnologias da Rede T4H.

Entre em Contato

Enviando
ou

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

ou

Create Account