Notícia

Topema Cozinhas Profissionais traz algumas reflexões sobre como os alimentos definem se o restaurante é ecoeficiente

Uma cozinha profissional ecoeficiente busca desperdiçar o mínimo possível de alimentos, água e energia, além de transformar o lixo em adubo e fazer compras mais conscientes com produtores locais mais sustentáveis

Pixabay

Fonte

Topema Cozinhas Profissionais

Data

quinta-feira, 9 setembro 2021 11:25

Áreas

Gastronomia. Nutrição Coletividades. Sustentabilidade

Quando restaurantes mostram preocupação com a natureza, eles não só contribuem para a causa ambiental, mas também dão a oportunidade para que seus clientes façam o mesmo. Graças ao interesse crescente em mudar hábitos e aderir ao sustentável, isso acaba influenciando bastante na decisão das pessoas sobre em qual lugar comprarão suas refeições! Então é mais do que inteligente ter uma cozinha profissional ecoeficiente! Ressalta a empresa Topema Cozinhas Profissionais.

Neste artigo da Topema veremos como a comida tem tudo a ver com ser ou não sustentável.

O dano por trás do processo de produção de alimentos

O que acontece antes dos alimentos chegarem na sua cozinha profissional? Precisamos tomar consciência de todo o processo pelo qual a comida passa, desde seu cultivo até seu transporte. Só assim fica bem evidente de que maneira a natureza é prejudicada até pelas atividades mais essenciais.

Primeiramente, para que se possa cultivar é necessário ter espaço. A demanda por espaço toma a área de muitas florestas, que, como todos já sabemos, têm diminuído cada vez mais com os anos. Tendo esse espaço, a produção também pede por grandes quantidades de água — um recurso valioso em escassez — e energia — muitas vezes gerada pela combustão de combustíveis fósseis, danosos à atmosfera.

E não para por aí: o uso de pesticidas e fertilizantes químicos prejudicam o solo, e os equipamentos agrícolas e as indústrias de alimentos emitem grandes quantidades de carbono.

Agora, quando se trata da produção de carnes e laticínios os problemas aumentam. O gado, por si só, emite gás metano. Esses animais, por sua vez, precisam comer. A ração dada a eles precisa ser cultivada, consequentemente é necessário de mais espaço para sua produção.

Outro ponto que não pode ser esquecido é o transporte: veículos também emitem diversos gases prejudiciais à atmosfera. Sem contar que não podemos esquecer da enorme quantidade de alimentos desperdiçados pelo caminho.

Percebe como o problema parece só se multiplicar, e muito antes de chegar até sua cozinha profissional?

Como meu restaurante pode ajudar?

Concordamos que todo o processo pelo qual o alimento passa antes de chegar à sua cozinha profissional está fora do seu alcance. Mas você pode tomar algumas decisões que ajudam a reduzir todo esse impacto negativo. Veja a seguir:

  • Renove seu cardápio: inclua opções vegetarianas ou veganas.
  • Cultive seus próprios alimentos: ainda que seu restaurante não disponha de muito espaço para a produção de comida, é possível começar com uma horta pequena. Com o tempo, e as vantagens, poderá ampliá-la, o que se torna também um grande atrativo para clientes.
  • Não faça uso de fertilizantes artificiais: a seguir vamos mostrar a você uma maneira muito eficaz de produzir seu próprio adubo — algo intimamente ligado a uma cozinha profissional ecoeficiente!
  • Compre com produtores locais: eles fazem uso de técnicas de produção mais sustentáveis.

O lixo orgânico produzido na sua cozinha profissional

Em suas casas, as pessoas normalmente jogam bastante comida no lixo. Agora aumente esse desperdício para o nível de um restaurante. Infelizmente, a indústria da hospitalidade está entre as que mais desperdiçam.

Se você deseja que sua cozinha profissional seja ecoeficiente, é imprescindível que busque desperdiçar o mínimo de comida possível. Além de não enviar esses resíduos aos aterros sanitários. Porque, por mais que muitos não saibam, o lixo orgânico é tão prejudicial quanto o lixo não orgânico.

Quando esses resíduos são deixados nos aterros sanitários, são esquecidos e começam a entrar em decomposição. Durante esse processo, gás metano é gerado — que junto com o dióxido de carbono intensificam o efeito estufa. Além disso, um líquido tóxico também é produzido. O chorume, que contamina o solo e as águas subterrâneas!

Percebe o quanto a comida também pode impactar negativamente se descartada indevidamente?

Como evitar mandar o lixo orgânico para os aterros?

Ao contrário da produção de alimentos, o desperdício de comida e a produção de lixo orgânico depende exclusivamente da sua cozinha profissional. Veja algumas dicas:

  • Avalie o cardápio e identifique aqueles pratos que não são tão pedidos: a compra de ingredientes pode ser melhor controlada com base nisso.
  • Use ingredientes próximos ao prazo de validade rapidamente: são úteis para a criação de receitas promocionais!
  • Transforme lixo orgânico em adubo: isso pode ser realizado por meio da compostagem, mas também existem alternativas que, inclusive, facilitam bastante a gestão de resíduos na sua cozinha profissional!

Acesse a notícia completa na página da Topema Cozinhas Industriais.

Fonte: Topema Cozinhas Industriais.  Imagem: Pixabay.

Em suas publicações, o Canal Nutrição da Rede T4H tem o único objetivo de divulgação científica, tecnológica ou de informações comerciais para disseminar conhecimento. Nenhuma publicação do Canal Nutrição tem o objetivo de aconselhamento, diagnóstico, tratamento médico ou de substituição de qualquer profissional da área da saúde. Consulte sempre um profissional de saúde qualificado para a devida orientação, medicação ou tratamento, que seja compatível com suas necessidades específicas.

Os comentários constituem um espaço importante para a livre manifestação dos usuários, desde que  cadastrados no Canal Nutrição e que respeitem os Termos e Condições de Uso. Portanto, cada comentário é de responsabilidade exclusiva do usuário que o assina, não representando a opinião do Canal Nutrição, que pode retirar, sem prévio aviso, comentários postados que não estejam de acordo com estas regras.

Leia também

2021 Canal Nutrição | Canal de Notícias, Conteúdos e Rede Profissional em Alimentos, Alimentação, Saúde e Tecnologias da Rede T4H.

Entre em Contato

Enviando
ou

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

ou

Create Account