Notícia

Jovem cafeicultora de Minas Gerais é finalista em concurso internacional de inovação

Um café é considerado especial quando tem um processo de produção diferenciado e atinge pontuação entre 80 e 100 pontos, na tabela de classificação sensorial da Specialty Coffee Association .

Divulgação, Emater

Fonte

EMATER | Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais

Data

quinta-feira, 16 julho 2020 13:35

Áreas

Agricultura. Agronegócio

Bruna Carolina da Silva, 22 anos, da Comunidade do Baú, em Fervedouro, Zona da Mata mineira, se classificou em segundo lugar no Premio a La Innovación Juvenil Rural de América Latina y el Caribe (Prêmio Juventude Rural Inovadora na América Latina e no Caribe), anunciado no último dia 10. Bruna disputou a final do concurso, na categoria Geração de Renda, pela experiência inovadora e empreendedora com a produção de cafés especiais, batizado de “Café Especial da Bruna”. Um café é considerado especial quando tem um processo de produção diferenciado e atinge pontuação entre 80 e 100 pontos, na tabela de classificação sensorial da Specialty Coffee Association (SCA).

O “Café Especial da Bruna” fez, na prática, jus ao nome. A produção, que teve início no ano passado, foi toda artesanal e contou somente com a mão de obra familiar, composta pela Bruna, a mãe Sônia da Silva, o pai Célio José da Silva e a irmã mais nova, Maria Betânia. Em 2019, o produto obteve a nota de 82,25 pontos, conquistando o vice-campeonato do Concurso Municipal de Qualidade de Café, em Fervedouro.

Além disso, toda a produção do “Café Especial da Bruna” seguiu um modo cuidadoso para agregar valor e qualidade ao produto, como explicou a jovem rural de Fervedouro. “O nosso processo foi desde a colheita seletiva dos grãos maduros, evitando ao máximo os grãos verdes, com peneira 16, deixando somente grão uniforme e sem defeitos. Depois, os grãos foram lavados e esparramados em um terreiro suspenso para secar. Após a secagem, ainda catamos manualmente os cafés verdes que restaram”. Ao final, ainda segundo Bruna Carolina, o café foi torrado, moído e embalado em sacolas com válvula para manter a qualidade e sabor até chegar ao consumidor final.

Das cinco sacas colhidas de 60 quilos cada, a cafeicultura já vendeu quase tudo para compradores de Fervedouro, São José dos Campos e da cidade vizinha Miradouro, restando somente uma saca e meia da safra passada. O preço da saca do café especial foi de R$ 1 mil, mais que o dobro do pago pela saca do café convencional, também produzido na propriedade familiar, e que costuma alcançar em torno de R$ 400,00. A comercialização está sendo feita via redes sociais, como Instagram e Facebook, além do Whatsapp.

O Premio a la Innovacíon Juvenil Rural de América Latina y el Caribe é uma iniciativa do Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA), da Organização das Nações Unidas (ONU). O objetivo é identificar, recompensar e disseminar iniciativas inovadoras e sustentáveis realizadas por jovens com idade entre 18 e 35 anos, de países da América Latina e do Caribe.

Expectativa

Com o bom resultado no concurso, Bruna está animada e faz planos para o futuro. A expectativa agora é que o desempenho na competição internacional agregue mais valor ao produto e potencialize a comercialização. “O resultado vai nos ajudar a divulgar mais o café nas redes sociais e alcançar outros lugares. Até o final do ano, queremos colher mais cinco sacas e vender nossa produção para cafeterias. Já estamos buscando parcerias. A minha intenção é continuar na roça, gerando mais renda. Dinheiro não é tudo, mas temos de ganhar pra ficar na roça. Temos de sonhar”, argumentou.

Acesse a notícia completa na EMATER.

Fonte: Terezinha Leite,  Assessoria de Comunicação – Emater-MG  Imagem: Divulgação, Emater

Em suas publicações, o Canal Nutrição da Rede T4H tem o único objetivo de divulgação científica, tecnológica ou de informações comerciais para disseminar conhecimento. Nenhuma publicação do Canal Nutrição tem o objetivo de aconselhamento, diagnóstico, tratamento médico ou de substituição de qualquer profissional da área da saúde. Consulte sempre um profissional de saúde qualificado para a devida orientação, medicação ou tratamento, que seja compatível com suas necessidades específicas.

Os comentários constituem um espaço importante para a livre manifestação dos usuários, desde que  cadastrados no Canal Nutrição e que respeitem os Termos e Condições de Uso. Portanto, cada comentário é de responsabilidade exclusiva do usuário que o assina, não representando a opinião do Canal Nutrição, que pode retirar, sem prévio aviso, comentários postados que não estejam de acordo com estas regras.

Leia também

2020 Canal Nutrição | Canal de Notícias, Conteúdos e Rede Profissional em Alimentos, Alimentação, Saúde e Tecnologias da Rede T4H.

Entre em Contato

Enviando
ou

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

ou

Create Account