Destaque

Planejamento pode evitar perdas por geada no trigo

Fonte

EMBRAPA | Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária

Data

quarta-feira, 24 junho 2020 10:05

A previsão de um inverno com temperaturas amenas e precipitações na média histórica pode favorecer o cultivo do trigo na Região Sul, que concentra 90% da produção do cereal. Mas o cenário também exige planejamento na semeadura para evitar perdas por geadas nos períodos de maior risco da cultura.

O período de semeadura do trigo na Região Sul (sul PR, SC e RS) vai de maio a julho, considerando diferenças regionais de clima, solo e ciclo das cultivares. As datas são definidas pelo Zoneamento Agrícola de Risco Climático (ZARC), com o objetivo de reduzir os riscos de perdas nas lavouras ocasionadas por fatores climáticos.

No trigo, diferentes causas associadas ao clima podem afetar os rendimentos, como geada no florescimento ou no espigamento, seca após a semeadura e na fase de enchimento de grãos, excesso de chuvas na colheita, além da ocorrência de pragas e doenças. A condição de clima subtropical do Sul do Brasil desafia a produção de cereais de inverno por ser uma região normalmente úmida e sujeita a temperaturas baixas no inverno e começo da primavera, com formação de geadas, e, ao mesmo tempo, podendo ser assolada por temperaturas elevadas e clima seco.

Neste ano, a expectativa é de clima favorável aos cultivos de inverno, com temperaturas amenas e precipitações na média histórica, acima de 100 mm/mês. Neste cenário, o risco pode estar associado às baixas temperaturas, capazes de ocasionar geadas que, dependendo do estágio da lavoura, podem resultar em perdas significativas no trigo.

Perdas por geada

Em geral, a geada acontece quando a temperatura cai para a faixa negativa na escala dos termômetros e pode ser observada principalmente nas baixadas do campo, onde o ar frio se concentra, ou ainda nas encostas voltadas para o sul. Porém, dependendo da intensidade do fenômeno, a geada pode ocorrer por todas as partes, seja nas áreas nativas, cultivadas, ou até mesmo nas áreas urbanas.

Acesse a notícia completa na página da EMBRAPA.

Fonte: Joseani M. Antunes, Embrapa.

Em suas publicações, o Canal Nutrição da Rede T4H tem o único objetivo de divulgação científica, tecnológica ou de informações comerciais para disseminar conhecimento. Nenhuma publicação do Canal Nutrição tem o objetivo de aconselhamento, diagnóstico, tratamento médico ou de substituição de qualquer profissional da área da saúde. Consulte sempre um profissional de saúde qualificado para a devida orientação, medicação ou tratamento, que seja compatível com suas necessidades específicas.

Os comentários constituem um espaço importante para a livre manifestação dos usuários, desde que  cadastrados no Canal Nutrição e que respeitem os Termos e Condições de Uso. Portanto, cada comentário é de responsabilidade exclusiva do usuário que o assina, não representando a opinião do Canal Nutrição, que pode retirar, sem prévio aviso, comentários postados que não estejam de acordo com estas regras.

Leia também

2020 Canal Nutrição | Canal de Notícias, Conteúdos e Rede Profissional em Alimentos, Alimentação, Saúde e Tecnologias da Rede T4H.

Entre em Contato

Enviando
ou

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

ou

Create Account