Destaque

Alimentos Funcionais em sala de aula

Fonte

Esalq-USP | Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz - USP

Data

segunda-feira, 6 dezembro 2021 14:00

Desmistificar a biologia molecular e os alimentos funcionais de forma lúdica e interativa é o objetivo de um projeto que aproximou alunos do curso de Ciências dos Alimentos da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq/USP) e estudantes do ensino médio e técnico de escolas de Piracicaba (SP) e Rio Claro (SP).

“Os alimentos funcionais têm se mostrado um importante aliado na prevenção de doenças como câncer, obesidade, diabetes do tipo 2 e doenças cardiovasculares”, conta a professora Dra. Aline Silva Mello Cesar, do departamento de Agroindústria, Alimentos e Nutrição da Esalq, coordenadora da iniciativa que contou com apoio do programa Aprender na Comunidade, da Pró-reitoria de Graduação da Universidade de São Paulo.

Com linguagem simples e muita criatividade, os estudantes da Esalq planejaram e executaram ações de comunicação e disseminação do conhecimento afim de abordar a importância do alimento funcional e da biologia molecular na produção de alimentos. Na prática, foram elaborados livretos informativos em uma linguagem de fácil compreensão, além de vídeos e material digital para a divulgação dos temas de forma remota. “A proposta possibilitou aos alunos de graduação do curso de Ciência dos Alimentos da Esalq o convívio e o compartilhamento de conhecimento, além da prática de extensão, promovendo assim a aproximação do meio acadêmico com a comunidade externa.”

Mídias – A equipe do projeto entrou em contato com algumas escolas de ensino médio e técnico estaduais e, durante os encontros, foram discutidos temas referentes aos alimentos funcionais, biologia molecular e o papel dos cientistas dos alimentos nesse processo. “Essa discussão foi realizada com os participantes do projeto e os professores das escolas parceiras por meio de reuniões virtuais e, além dos encontros, criamos um perfil no Instagram (@alimentosbiomol) e, semanalmente compartilhamos conteúdo didático no site www.linbife.org”, complementou a Dra. Aline Cesar.

Durante os encontros, além da distribuição de livretos informativos especialmente preparados para o projeto, os estudantes puderam interagir a partir jogos lúdicos de forma virtual e estudos dirigidos para aprofundamento do conhecimento. De maneira geral os alunos das escolas parceiras avaliaram de maneira positiva a interação, destacando o aspecto de novidade dos conteúdos trabalhados, a qualidade do material didático e a oportunidade de aprender.

Comunidade escolar – Marcelo Vale, vice-diretor da Escola Estadual Dr. Dario Brasil, de Piracicaba. Avaliou positivamente a interação com a Esalq. “O convite para montarmos esse projeto com a assessoria do pessoal da Esalq foi muito bem-vindo. Abraçamos a iniciativa e foi muito positiva essa troca de conhecimentos sobre a importância dos alimentos funcionais para proporcionar uma vida saudável”.

Julia Ferreira dos Santos cursa o 1º ano e a partir do contato com conceitos da alimentação funcional despertou para práticas mais saudáveis. “Comecei a enxergar os alimentos de uma forma diferente. Eu não sabia que eles trazem tantos benefícios e me interessei bastante pelo conteúdo relacionado aos pelos pró-bióticos. “Pretendo a partir de agora consumir mais esses alimentos e acrescentar mais hábitos saudáveis”.

O secundarista Adriel Nunes Viana ressaltou a qualidade das informações recebidas nas interações. “O projeto com as estudantes da Esalq me ajudou a pensar melhor minha alimentação e variar os produtos que consumo. As interações a partir dos jogos foram bem proveitosas.

Para a professora de Biologia da escola Dario Brasil, Renata de Cássia Gregolim, foi um trabalho muito produtivo. “Pudemos trabalhar com metodologias ativas e recursos multimídia e conhecer conteúdos que eu desconhecia. Sou apaixonada pela área de alimentos e foi muito valioso perceber que os alunos incorporaram muitos conceitos na sua vida e o envolvimento de toda a escola com o projeto”.

A professora Elbia do Valle Pinheiro, da ETEC Prof. Armando Bayeux da Silva, mostrou sua gratidão à iniciativa. “O projeto trouxe um alívio durante a pandemia e ajudou no conteúdo que eles estavam vendo, sobre alimentos. Foi primordial para esse momento de descobertas que eles passam na escola e bastante positivo perceber a universidade alcançando as escolas públicas de nível médio.

Acesse a notícia completa na página da Esalq-USP.

Fonte: Caio Albuquerque, Esalq-USP.

Em suas publicações, o Canal Nutrição da Rede T4H tem o único objetivo de divulgação científica, tecnológica ou de informações comerciais para disseminar conhecimento. Nenhuma publicação do Canal Nutrição tem o objetivo de aconselhamento, diagnóstico, tratamento médico ou de substituição de qualquer profissional da área da saúde. Consulte sempre um profissional de saúde qualificado para a devida orientação, medicação ou tratamento, que seja compatível com suas necessidades específicas.

Os comentários constituem um espaço importante para a livre manifestação dos usuários, desde que  cadastrados no Canal Nutrição e que respeitem os Termos e Condições de Uso. Portanto, cada comentário é de responsabilidade exclusiva do usuário que o assina, não representando a opinião do Canal Nutrição, que pode retirar, sem prévio aviso, comentários postados que não estejam de acordo com estas regras.

Leia também

2022 nutrição t4h | Notícias, Conteúdos e Rede Profissional nas áreas de Alimentos, Alimentação, Saúde e Tecnologias

Entre em Contato

Enviando
ou

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

ou

Create Account